22 de out de 2016

Criação refutada, os indícios da evolução no homem.



O criacionismo é a crença religiosa de que a humanidade, a vida, a Terra e o universo são a criação de um agente sobrenatural. No entanto, o termo é mais comumente usado para se referir à rejeição, por motivação religiosa, de certos processos biológicos, particularmente a evolução.

Na biologia, Evolução é a mudança das características hereditárias de uma população de seres vivos de uma geração para outra. Este processo faz com que as populações de organismos mudem e se diversifiquem ao longo do tempo.

Nesse artigo iremos mostrar indícios de que o ser humano, não só evoluiu, como continua evoluindo.

Há, entre músculos, órgãos e tendões, uma variedade de partes em desuso no corpo humano.

Do dedo mindinho à cavidade nasal, conheça algumas das estruturas que perderam a sua função ao longo da evolução e hoje não são mais do que vestígios da anatomia humana.

Dentes do siso


Quem já tirou os dentes do siso sabe que o corpo humano tem partes inúteis que não têm mais função de existir. E muitas delas, inclusive, tendem a desaparecer da estrutura corporal conforme a evolução.

Os dentes do siso, ou terceiros molares, serviam, nos nossos ancestrais, para a trituração de alimentos mais rústicos, como ossos e carne crua.

Apêndice


O apêndice, por sua vez, tinha a função de digerir a celulose de plantas, conforme os hábitos alimentares dos nossos antepassados herbívoros.

Cóccix


Localizado no fim da coluna vertebral, o cóccix é hoje um conjunto de vértebras que serve apenas para ligar os músculos da região.

Antigamente o osso dava equilíbrio aos nossos ancestrais tal qual o rabo em outros mamíferos de quatro patas. Para nós, causa apenas dor ao cair sentado no chão.

Costelas do pescoço


Um possível vestígio da idade dos répteis, as costelas cervicais ainda aparecem em quase 1% da população, provocando problemas nervosos e arteriais.

Músculos auriculares externos


Três músculos que possivelmente permitiam aos ancestrais moverem as orelhas independente da cabeça, como fazem os cachorros ou os coelhos.

Algumas pessoas ainda conseguem utilizar esse conjunto muscular.

Terceira pálpebra


Também conhecida como membrana nictitante (que pisca com frequência), é uma dobra conjuntiva que tem a função de proteger o globo ocular contra sujeiras, fazendo a varredura do olho no sentido horizontal até a córnea.

A membrana é encontrada em répteis e aves até hoje, mas no ser humano resta apenas uma protuberância cor-de-rosa no canto do olho.

Pelos no corpo


Em tempos de blusas e agasalhos, os pelos já não têm mais a função de aquecer e manter a temperatura corporal.

De todos os pelos que temos, os únicos que ainda servem para alguma coisa são as sobrancelhas, que impedem que o suor escorra diretamente nos olhos.

Décima terceira costela


8% da população humana ainda exibem a décima terceira costela, elemento presente em chimpanzés e gorilas.

Órgão Vomeronasal OVN (ou de Jacobson)


Um pequeno orifício junto ao septo nasal ('céu da boca') que se conecta a quimiorreceptores não funcionais foi o que restou de uma habilidade de detectar feromônios.

Estudos têm demonstrado que a maior parte das espécies de vertebrados tem um órgão situado na cavidade nasal denominado órgão vomeronasal (OVN). A finalidade do OVN parece ser exclusivamente a de detectar sinais químicos – os ferormônios - envolvidos no comportamento sexual e de marcação de território.

Ponto de Darwin (ou tubérculo)


Uma dobra de pele que ainda aparece na parte superior da orelha indica uma estrutura que deveria ajudar o homem primitivo a escutar sons a longas distâncias.

Mamilos masculinos


Antes da diferenciação sexual, o feto forma as glândulas lactíferas que servem nas mulheres para a amamentação.

Nos homens, apesar das glândulas poderem ser estimuladas para produzir leite, o efeito dos mamilos é apenas estético e sensorial.

Útero masculino


Uma sobra de um órgão reprodutor feminino não desenvolvido encontra-se na glândula prostática masculina, remanescente da fase sem diferenciação de gênero do embrião.

Dedo mindinho



Caminhar, correr e até pular seria perfeitamente possível sem o dedinho dos pés. De acordo com matéria publicada pela PopSci, pessoas que nasceram sem o “minguinho” ou que o perderam em acidente, por exemplo, podem viver tranquilamente, sem ter qualquer função do corpo prejudicada.

Então, por que temos os dedinhos no pé? Basicamente, essa é uma característica que herdamos de nossos ancestrais, outros primatas que usavam os pés para escalar, se agarrar ou subir em árvores. Mas, hoje, nós não vivemos mais dessa forma.

Confira Mais no vídeo abaixo:


8 de out de 2016

“A maior nação cristã do mundo” está cada vez menos cristã


O grande declínio do cristianismo nos EUA afetará o mundo todo

O cristianismo está em declínio nos Estados Unidos, disso não há dúvida. Quando se examinam os números friamente não é possível chegar à outra conclusão. Ao longo das últimas décadas, a porcentagem de cristãos na América só diminui. Isto é mais claro entre os jovens.

Um dos motivos é que o significado de “cristianismo” para os cristãos americanos de hoje é muito diferente do que a religião significava para seus pais e seus avós. Milhões de cristãos nos Estados Unidos simplesmente não acreditam mais nos princípios fundamentais da fé cristã.

Sem dúvida, os EUA, que ainda são considerados “a maior nação cristã do mundo” mesmo em crise econômica ainda é uma das mais influentes politica e culturalmente. Isto significa que qualquer mudança drástica por lá tem implicações profundas para o restante do mundo.

Os Estados Unidos foram fundados por cristãos que estavam fugindo da perseguição religiosa. Para os primeiros colonos, a fé cristã era o centro de suas vidas, e isso afetou profundamente as leis que fizeram e as estruturas governamentais que eles estabeleceram.
No geral, o cristianismo ainda é a maior religião do mundo. Segundo o Fórum Pew sobre Religião e Vida Pública, existem atualmente 2,2 bilhões de cristãos no mundo. Porém o centro da fé hoje se deslocou da Europa e América do Norte para a África e Ásia, onde está experimentando um crescimento explosivo.

Enquanto vários países da Europa já dizem estar num mundo secularizado e “pós-cristão”, os Estados Unidos parece caminhar na mesma direção. Igrejas estão encolhendo, o ceticismo é crescente e apatia sobre assuntos espirituais parece ter atingido uma alta histórica.

Mark Silk, professor de religião e vida pública no Trinity College escreveu em uma análise recente para o jornal USA Today que “o segredo sujo da religiosidade na América é: há tantas pessoas que não se interessam pelas questões espirituais e a curiosidade sobre questões existências é mínima”.

Seu argumento é apoiado pelos números. Uma pesquisa realizada no ano passado pela LifeWay Research descobriu que 46% dos americanos nunca pensam se vão para o céu ou não. Isto é particularmente verdadeiro para os jovens. Os menores de 30 anos de idade estão abandonando em massa as igrejas dos EUA.

David Kinnaman, o presidente do Grupo Barna, uma empresa de pesquisa evangélica, publicou em seu novo livro, “You Lost Me: Por que os cristãos jovens estão deixando Igreja e repensando a Fé”, ele diz que as pessoas entre 18 e 29 anos caíram em um “buraco negro”. Há uma queda de 43% na frequência à igreja cristã nessa faixa etária.

Mas não são apenas os jovens que estão deixando as igrejas americanas. A proporção de americanos que se consideram cristãos tem diminuído constantemente por muitos anos. Em 1990, 86% de todos os americanos consideravam-se cristãos. Em 2008, esse número caiu para 76%.

Enquanto isso, o número de americanos que rejeitam totalmente a religião disparou. De acordo com dados do Censo norte-americano, o número de americanos com “sem religião” mais do que dobrou entre 1990 e 2008. Uma pesquisa recente aponta que 25 % dos americanos com idades entre 18 e 29 dizem que não têm religião.

É bom lembrar que com isso caiu à arrecadação das igrejas e, consequentemente, os investimentos em projetos missionários em diferentes partes do mundo.

Dave Olson, diretor de plantação de igrejas da Igreja Aliança, acredita que as expectativas do que vai acontecer com frequência à igreja nos EUA são desanimadoras. De acordo com ele, apenas 18,7 % dos americanos frequentam regularmente a igreja hoje em dia. Se este número continua a diminuir no ritmo atual, em 2050 a porcentagem de americanos sentados na igreja aos domingos será metade do que é hoje.

Um grande número de jovens norte-americanos que iam à igreja, enquanto eles estavam crescendo agora estão deixando as igrejas americanas inteiramente. Um estudo recente pelo grupo Barna descobriu que quase 60% de todos os cristãos com idade entre 15 e 29 há muito tempo envolvido ativamente em qualquer igreja.
O fato é que um grande número de “cristãos evangélicos” estão rejeitando os princípios fundamentais da fé cristã. Por exemplo, uma pesquisa descobriu que 52% dos cristãos norte-americanos acreditam que “pelo menos uma das religiões não cristãs poderia conduzir à vida eterna”.

Outra pesquisa descobriu que 29% de todos os cristãos americanos afirmam ter procurado contato com os mortos, 23% acreditam em astrologia e 22% acreditam em reencarnação.
Segundo o Grupo Barna, menos de 1% de todos os americanos com idades entre 18 e 23 possuem uma “cosmovisão bíblica”.

Se essa tendência não for revertida, em 20 anos as igrejas dos EUA devem ter o mesmo destino das europeias e começarão a fechar suas portas.

As consequências dessa grande mudança e, em especial, na maneira com que as igrejas que ainda estão abertas pregam a mensagem cristã. Afinal, os Estados Unidos ainda é o maior produtor de material evangélico do mundo. A esmagadora maioria das Bíblias de estudo, comentários bíblicos, dicionários, enciclopédia, livros e software cristão comercializados globalmente são produzidos por teólogos americanos.

Isso sem falar no material que é distribuído apenas pela internet. O crescimento do liberalismo e do secularismo pode impactar fortemente toda a produção teológica mundial nos próximos anos.

O declínio americano poderá ter sérias consequências no cristianismo de todo o mundo. Quem viver verá.


Traduzido e adaptado de End Of The American Dream

Apenas a Igreja Católica é capaz de interpretar a Bíblia, diz Papa




Durante seu discurso no Comitê da Bíblia do Vaticano, que aconteceu na última sexta-feira (12), o papa Francisco rejeitou a interpretação subjetiva da Bíblia e disse que apenas a Igreja está habilitada a interpretar corretamente as escrituras.

“O Concílio lembrou com grande clareza: tudo o que está relacionado com a maneira de interpretar as Escrituras está, em última análise, sujeito ao julgamento da Igreja, que realiza o seu mandato divino e o ministério de preservar e interpretar a palavra de Deus”.
Esta foi uma das poucas vezes que o papa citou o Concílio Vaticano II (1962 – 1965) e a Constituição ‘Dei Verbum’ que falam sobre o papel da Igreja.

“A Sagrada Tradição transmite a Palavra de Deus plenamente (….) Desta forma, a Igreja tira a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas não só nas Sagradas Escrituras. Uma como a outra devem ser aceitas e veneradas com sentimentos semelhantes de piedade e respeito.”

É por esta tradição que ele afirma que a interpretação da Bíblia não deve ser feita apenas de forma intelectual, devendo ser confrontada e inserida dentro dessa tradição da igreja católica.

A posição de Francisco deve desagradar católicos contestatórios e os protestantes que defendem a o direito da livre interpretação das escrituras. O que para o papa não pode acontecer.

“A insuficiência de qualquer interpretação sugestiva, ou simplesmente limitada a uma análise incapaz de acolher o significado global que tem sido construído há séculos pela tradição de todo o povo de Deus”. 

Com informações G1.

Homem mata ex a facadas durante missa e confessa crime em áudio



Ele assassinou vítima e enviou mensagem para delegada em Ituiutaba.
Suspeito teve um relacionamento extraconjugal com mulher, diz Polícia Civil.

Uma mulher de 30 anos foi morta a facadas durante uma celebração na Igreja Catedral São José, em Ituiutaba, nesta sexta-feira (7). Segundo a Polícia Civil, Simone Marca acompanhava uma missa de sétimo dia de falecimento na companhia do namorado, momento em que o ex-amante chegou ao local e desferiu cerca de seis facadas contra ela.

A delegada de homicídios que acompanha o caso, Roberta Borges Silva Ferreira, contou que após o crime o suspeito, Marcos Ferreira, que é proprietário de um jornal da cidade, gravou um áudio confessando o crime e enviou pelo WhatsApp (Ouça a baixo ).

ÁUDIO:

"Nós da Polícia Civil já o conhecíamos devido ao contato que temos com a imprensa. Após esfaquear a mulher, Marcos fugiu em um carro que estava estacionado em frente à igreja. Durante a fuga ele me enviou um áudio pelo celular confessando o crime e disse que só ia se entregar após passar o tempo do flagrante. A equipe segue em busca dele, mas até o momento não foi localizado", contou Roberta.

Ainda de acordo com a delegada, a mulher chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e morreu a caminho do hospital. Roberta conta que Marcos é casado e teve um relacionamento extraconjugal com Simone durante mais de um ano.

"A vítima foi amante dele por muito tempo, mas não queria mais a relação, pois ele era agressivo e não a dava sossego. A esposa dele também estava ciente da situação. O homem já foi preso duas vezes por violência doméstica e tinha saído da prisão esta semana. Ela também tinha uma medida protetiva contra ele", esclareceu a delegada.

A Polícia Civil disse que cerca de 80 pessoas testemunharam o crime na igreja e que ao presenciar o assassinato o atual namorado da vítima fugiu.


"Ela estava nesse novo relacionamento há cerca de um mês. E o assassino não aceitava. O suspeito foi frio. A primeira facada foi nas costas e as demais na parte da frente do corpo. Inclusive ele fez um corte profundo do pescoço ao abdômen da mulher. Mesmo trabalhando na área de homicídios nunca vi algo tão assustador", finalizou.

Confira a reportagem do G1:

Com informações do G1

7 de out de 2016

Pastor é preso suspeito de estuprar adolescentes em Bayeux, na Paraíba


Segundo delegado, pastor orava após manter relações com vítimas na PB.
Abuso sexual teria ocorrido com garotos com idades entre 13 e 15 anos.

Um pastor evangélico de 35 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (5) na cidade de Bayeux, na região da Grande João Pessoa, suspeito de estuprar dois adolescentes e manter um relacionamento forçado por sete meses com pelo menos um dos jovens. Conforme depoimento de duas vítimas à polícia, após praticar o abuso sexual, o pastor se ajoelhava e orava para pedir perdão.

De acordo com o delegado Diego Garcia, da 5ª Delegacia Distrital, o pastor não utilizava violência física para abusar dos adolescentes, mas aproveitava o prestígio da função que exercia na região para forçar os garotos a praticar atos sexuais.

A prisão ocorreu no bairro de São Bento, na casa do suspeito, em cumprimento de um mandado de prisão temporária. “Até o momento, pelo menos dois adolescentes denunciaram que foram forçados a manter relações sexuais com o suspeito, mas há o indício de um terceiro”, comentou. As vítimas têm entre 13 e 15 anos, segundo a polícia.

No momento da prisão, o suspeito foi encontrado com uma menina de 10 anos, mas ele informou à polícia que se tratava de uma sobrinha e a polícia não confirmou violência sofrida por parte dela. Mesmo assim, a criança encontrada com ele deve passar por exames na tarde desta quarta-feira.

A prisão aconteceu após cerca de três meses de investigação, ainda de acordo com Diego Garcia, que explicou que o homem vai ser indiciado por estupro de vulnerável. “Ainda vamos ouvir o suspeito, mas a princípio ele seguirá preso temporariamente”, explicou o delegado. Familiares e o próprio pastor informaram aos policiais que ele tem transtorno mental, mas a informação ainda deve ser confirmada pela polícia.


Com informações de G1

6 de out de 2016

Freixo vai processar o pastor Silas Malafaia criminalmente por vídeos na web.



A equipe jurídica da campanha de Marcelo Freixo vai acionar criminalmente o pastor Silas Malafaia pelos vídeos que o pastor evangélico tem postado na internet contra o candidato do PSOL à Prefeitura do Rio.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo tem centralizado sua metralhadora no Twitter com vídeos que ele chama de "verdade irrefutável a respeito de quem é Freixo".
Em um deles, publicado nesta terça-feira (06), Malafaia diz que Freixo "é um marxista leninista declarado.

O seu partido, o PSOL, é a esquerda radical que acredita naquele comunismo da União Soviética anterior a 1988. O PSOL apoia o governo da Coreia do Norte, Cuba, Venezuela. É esse sistema que apoiam e querem implantar no Rio de Janeiro", dispara.

O pastor também afirma que Freixo é "contra a PM e apoia os black blocks". Além de ser "a favor do aborto, da liberação de drogas e da prostituição".

Freixo já tinha reagido às críticas, afirmando que uma rede de boatos tem sido orquestrada por Malafaia e pela família Bolsonaro.

Em resposta, a equipe de campanha lançou o site "A verdade sobre Freixo".
Incansável, Malafaia promete lançar, nesta quinta-feira (06), um novo vídeo sobre a acusação de que ele tem dissseminado boatos.

Assista:


Leia mais: EXTRA

Em vídeo Agenor Duque profetiza eleição de vereador… que não se elege.




Um vídeo que mostra uma profecia falsa do apóstolo Agenor Duque, líder da Igreja Plenitude do Trono de Deus, viralizou nas redes sociais. Publicado por uma página de apologética, mostra uma “revelação” dada a Misael Santana, filho do conhecido pregador Abílio Santana e candidato à vereador em Salvador.

“Se a boca de Deus fala pela minha, amanhã nesse horário você estará cantando o hino da vitória, ou Deus não fala por mim?”, avisou Duque diante de centenas de pessoas, no que parece ser um culto ao ar livre. No final, Agenor decreta “Está selado, eu ligo na terra”.
Contudo, o político baiano obteve apenas 1530 votos e não se elegeu. No material, que tem menos de um minuto, é possível ouvir o apóstolo pedindo que as pessoas repetissem: “eu profetizo 31000 bênçãos”.

Esse parece ser um expediente para que os fiéis decorassem o número que o candidato Misael, do PHS, usou nas urnas. Como é proibido pedir voto em cultos, ele procurou fazer parecido com o pastor da Assembleia de Deus que pediu “15.444 orações” para os fiéis durante um culto. Como esse era o número da candidata que ele apoiava, foi considerada propaganda irregular e ele acabou multado.

Com mais de 45 mil visualizações somente no Facebook, o vídeo gerou uma onda de críticas. A maioria dos comentários chama Agenor Duque de “falso profeta” e censuram a mistura de política com religião.
Assista:


Gospelprime
PROXIMA → INICIO